Menu

Notícias

Serviço Integrado Municipal será inaugurado em Itaipuaçu e Inõa

17 JUL 2018
17 de Julho de 2018
As novas unidades de Serviço Integrado Municipal (SIM) estão na etapa de preparo para inauguração e têm como objetivo descentralizar a demanda por serviços públicos. O polo de Itaipuaçu está localizado no Terminal de Integração Rodovi...
Leia mais

Obra de reforma na antiga Praça do Barroco atinge reta final

16 JUL 2018
16 de Julho de 2018
O local, agora nomeado como Praça das Palmas, passa pelos retoques finais em sua reforma. A última mudança feita foi a instalação dos brinquedos que compõem a área de lazer para crianças, presente no projeto final de ambientação do lugar...
Leia mais

Novo programa de esportes estreia na programação Web Rádio

09 JUL 2018
09 de Julho de 2018
Top Esporte é entregue ao público com um formato descontraído e comandado pelo locutor Fábio Brazil, além de convidados semanais que discutem temas relacionados às diversas áreas esportivas. O programa acontece de segunda à sexta, das 17h...
Leia mais

A Copa da Rússia tem o pior índice de animação em anos

18 JUN 2018
18 de Junho de 2018
Apesar dos torcedores admitirem que o Brasil possua grandes chances de chegar à final da Copa Mundial de Futebol, realizada este ano na Rússia, grande parte deles não se encontra animado para a competição. Por meio de uma enquete, foi descobe...
Leia mais

Jovens estudantes discutem suas escolhas profissionais

18 JUN 2018
18 de Junho de 2018
Pesquisa feita com estudantes mostrou grande indecisão sobre carreiras e colocou em pauta as novas profissões do século 21 ...
Leia mais

Expo 2018: Jogos Online se tornaram a profissão possível para muitos jovens

11 JUN 2018
11 de Junho de 2018
Pedro ‘Akashi’ Santana, gamer responsável pelo estande de jogos virtuais e competições, explica que seu objetivo e de sua equipe é fortalecer e incentivar o cenário Tier III, ou seja, o âmbito semiprofissional. O gamer alcançou no ano p...
Leia mais

  Expo 2018: Barracuda e a comemoração de 23 anos em Maricá

30 MAI 2018
30 de Maio de 2018
O tradicional restaurante de Maricá, Barracuda, esteve presente na Expo 2018 divulgando não somente seu comércio, como sua história. “Hoje é um ponto tradicional em Maricá, a gente tem show praticamente todo sábado e domingo e ganhamos v...
Leia mais

Expo 2018: Dança e teatro em projetos sociais

30 MAI 2018
30 de Maio de 2018
A companhia Vida de Teatro e Dança trouxa ao público da Expo a divulgação do seu projeto social voltado a crianças e jovens (de 7 à 18 anos) que sejam de famílias de baixa renda. Os cursos oferecidos são diversos, como balé infantil, teat...
Leia mais

Expo 2018: Secretaria de Cultura divulga artistas locais

30 MAI 2018
30 de Maio de 2018
A coordenadora da Secretaria de Cultura de Maricá, Rosely Pellegrino, estava presente na Expo 2018 e representando o estande da prefeitura voltado para a cultura local. No local havia uma exposição, com vendas de suvenires, de esculturas e quad...
Leia mais

   Expo 2018: Leste Telecom promete eficiência e serviços únicos de distribuição de internet

30 MAI 2018
30 de Maio de 2018
A empresa Leste Telecom existe desde 2014, em Itaboraí e sua cobertura abrange, não só o próprio município, como também Maricá, Niterói, São Gonçalo, Tanguá, Rio Bonito, Magé e Guapimirim. Marcos Gama, diretor da empresa, conta sobre a...
Leia mais

     Próximos Eventos

A 4ª edição do Moto Fest Itaipuaçu começará esta sexta-feira (20 de julho) e se estenderá durante o final de semana (21 e 22 de julho), na Praça dos Gaviões, na Avenida Zumbi dos Palmares (antiga Av.1).

O evento contará com estandes de expositores, sorteios de brindes, food trucks, premiação de troféus para motoclubes e motogrupos, além de uma programação completa de shows de rock.

Durante o acontecimento, doações de agasalhos e alimentos estarão sendo recolhidos na barraca do Caveira’s.

Programação de apresentações:

Sexta-feira (20/07): Início às 19h

19h: Black Mother

21h: Biokimika

23h: Edu Gomes

Sábado (21/07): Início às 18h

18h: Camacho

20:30h: Thunderock

22h: Faixa Etária

00h: Cilindrada

Domingo (22/07): Início às 15h

15h: Fedd My Soul

16:20h: Anexo 80

18:20h: Carta Um

20:20h: Thiago Dantas e banda Duclã

22:20h: Thunderock

23:20h: Black Mother

Confira os eventos anteriores

Início das férias na MovimentArte é anunciado junto com apresentação pública

A Escola de Dança MovimentArte realizou, no dia 14 de julho, o espetáculo de encerramento do 1º semestre de 2018, com o reforço do cantor mirim, Tarek Said.

O evento, que teve início às 10h e aconteceu na Praça dos Gaviões, na Avenida Zumbi dos Palmares, homenageava a figura dos avós e tinha como proposta fluir entre todos os estilos de dança oferecidos pela escola.

Os alunos entravam e saíam do palco em perfeita harmonia e sem pausas entre cada música, com apresentações de ballet clássico, street dance, K-pop, dança contemporânea e cigana. O fim, por sua vez, foi marcado pelo momento em que todos os dançarinos invadiram o palco e terminaram a dança ao som da primeira música apresentada ao público.

A diretora da MovimentArte, Beatriz Alencar, contou que a escola possui 12 anos de tradição em Itaipuaçu, que começaram em Itaocaia Valley e agora seguem no atual endereço, nas proximidades do Barroco. Ela revelou, em seguida, que um novo local está em construção, na Rua das Margaridas, e abrigará uma nova sede, com quatro salas de ensaio. “A gente pretende ir para lá em Setembro ou Outubro e vai ser uma sede bem legal, com umas quatro salas e vão ter várias danças”, afirmou Beatriz.

Ainda de acordo com a diretora, a academia de dança já promoveu cerca de cinco eventos, em teatros e praças públicas, ao longo desse ano, que culminaram nesse último espetáculo antes dos alunos entrarem em recesso.

                                                                                                             Por: Amanda de Oliveira

                                                                                                             Fotos: Gerson Nunes

 Cruz Vermelha, Web Rádio e Errejota promovem campanha social

   A Cruz Vermelha, em parceria com a Web Rádio Comunicação e a central de notícias Errejota, organizou a “Campanha do Agasalho”, que arrecadou doações durante uma semana e terminou com um evento no estacionamento da Pizzaria Bahia, em Itaipuaçu.

    Com o slogan “Faça o bem aquecendo alguém”, o movimento tinha por objetivo juntar donativos para proteger famílias carentes durante o inverno. O pastor Edson, da Igreja Evangelho Quadrangular, foi quem recebeu os agasalhos e ficou responsável por repassá-los aos necessitados.

    O evento que finalizou a campanha contou com a presença do diretor da filial do Rio de Janeiro da Cruz Vermelha, Antônio Carlos da Cunha, e sua equipe. A instituição ofereceu serviços de massoterapia, aferição de pressão e nível de glicose, testes de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis (IST’s) e uma demonstração de primeiros-socorros.

   Além disso, esteve presente a diretora e idealizadora do Espaço Fênix, Aline Bernar (da esquerda para direita, a segunda na foto ao lado). O projeto promove a reabilitação de crianças atípicas e atende também as típicas, mas que necessitam de fonoaudiólogo ou acompanhamento psicológico.

   De acordo com Aline, a interação e convivência em um ambiente que não os oprima, ou exclua, é questão de suma importância. — O que nós fazemos lá é a verdadeira inclusão. Ali todos são iguais, não tem aquele que é “especial” porque tem um problema neurológico, por exemplo. Todos são especiais e tratados da mesma maneira, com o maior carinho e respeito —, ressalta.

   Já a Associação Shaolin Kung-Fu – Garra de Águia trouxe para o público uma apresentação de vários estilos dentro da arte marcial chinesa. Com demonstrações de força e movimentos baseados nos animais, os praticantes envolveram os espectadores.

   Rodrigo Teixeira e Liriel Alves (ambos na foto ao lado), praticantes da luta e alunos do mestre Paulo, disseram que a prática aumentou o foco e a paciência em suas vidas. “Ajudou muito até nos nossos problemas pessoais, às vezes a gente tem uma rotina estressante, ou algo que a gente não sabe levar bem, e a arte marcial nos dá um maior controle para lidar com essas situações”, explica Teixeira.

   Por outro lado, Liriel comentou sobre ser uma das poucas meninas que praticam Kung-Fu em sua academia e disse que a reação das pessoas é sempre de espanto. — Eu acho muito legal, porque quando você chega em um local para se apresentar, mostrar o que sabe, as pessoas ficam impressionadas pelo fato de ser uma menina. A mulher sempre teve a força desvalorizada, como se sempre o homem tivesse força maior. Então, é legal mostrar que as meninas também conseguem e têm capacidade, não só aqui, na luta, mas também no dia a dia —, conta.
   Ademais, o evento contou com sorteios, como de uma bicicleta doada pelo Mike do Cicle, apresentações de dança cigana e de salão, feitas pelo Studio Lea Rangel e um pocket show do cantor mirim Tarek.

                                                                                                                                         Por: Amanda de Oliveira
                                                                                                                                         Fotos: Gerson Nunes

Copa Brasil Maricá de Futevôlei traz esporte à praia de Itaipuaçu

No último final de semana (23 e 24) deste mês, a Copa Brasil Maricá de Futevôlei agitou a praia de Itaipuaçu. O evento foi realizado por meio de uma parceria da Confederação Brasileira de Futevôlei (CBFv) com a Secretaria de Esporte e Lazer da cidade e a Associação Maricaense de Futevôlei.

O torneio, que ocorreu na altura da Avenida Zumbi dos Palmares (antiga Av. 1), contou com as categorias masculina e feminina, além da competição de amadores e fut-redinha e a narração do locutor mirim Gabriel Duarte.

No primeiro dia foram disputados os jogos femininos, que contaram com grandes nomes do esporte, como as duplas Thais e Lane, que foram campeãs mundiais na Áustria, e Josy, campeã mundial e bi campeã brasileira, e Sabrina, tri campeã sul-americana. Além disso, algumas competidoras carregavam o nome de Maricá, como Júlia e Carol.

As grandes vencedoras da Copa foram Bianca e Natália, por 2 sets à 0, contra Josy e Sabrina. As ganhadoras são atualmente as líderes do ranking nacional de futevôlei e agradeceram, em entrevista, a iniciativa da prefeitura de realizar o evento, mas ressaltaram, por outro lado, as dificuldades de patrocínio e da presença das mulheres nesse esporte. Por fim, a dupla revelou mais sobre sua rotina de treinos, que não consiste em treinarem juntas.

— Aqui a gente se encontrou pra treinar uma semana antes. Tudo é uma semaninha antes, a gente treina e joga juntas, são muitos anos, mas sempre nessa batida. Nunca tivemos uma rotina de treinar juntas, mas acho que a experiência dela conta, já que a Bianca joga há 20 anos. Ela tem muita experiência e me ensina e dá muitas dicas, a gente aprende uma com a outra e consegue se entrosar e graças a Deus dá certo —, disse Natália.


Pódio completo:

1º lugar: Bianca e Natália

 2º lugar: Josy e Sabrina

 3º lugar: Lane e Thais

O segundo dia trouxe a categoria masculina e juntamente grandes emoções para os torcedores, já que todos os jogos foram acirrados.

A dupla destaque, e favorita da torcida, era composta por Águia e Eduardinho (na foto ao lado), que são campeões mundiais e muito conhecidos no futevôlei. O primeiro atleta citado, é famoso também por seus projetos sociais voltados para jovens e realizados pelo Team Águia.

— O importante, acima de tudo, é, após o evento, o que vai acontecer com isso tudo, né. É importante ter mais estrutura, no sentido de colocar as crianças para praticar atividade física e incluí-las na sociedade —, afirmou Águia.

A dupla favorita chegou até as finais e, apesar das intensas dores de Eduardinho no músculo posterior da coxa, eles não desistiram e entregaram um jogo difícil para Vinícius e Paraná, que venceram por no Tie Break com o placar de 15x13.

“Eu estou muito feliz, realmente, se vocês puderam perceber, as vibrações do jogo foram as mais fortes possíveis e é muita felicidade conseguir ser campeão aqui, da Copa Brasil”, declarou Paraná sobre seu primeiro título conquistado.


Pódio completo: 

1º lugar: Vinícius e Paraná

2º lugar: Águia e Eduardinho

3º lugar: Renan e Felipinho

 Além do torneio profissional, o primeiro lugar da competição de fut-redinha foi da dupla Bruno Cortes e João Victor Silva. O evento, no geral, também contou com a distribuição de brindes e aulas de zumba e futevôlei. 

                                                                                                                                Por: Amanda de Oliveira
                                                                                                                             Fotos: Gerson Nunes

 

Itaipuaçu recebe etapa de Corrida e Caminha da UFF 

A etapa Maricá do Circuito Regional de Corridas e Caminhadas da Universidade Federal Fluminense (UFF) aconteceu no último domingo (17 de junho), em Itaipuaçu. As inscrições foram realizadas no dia 11 do mesmo mês, por meio do site www.zeniteesportes.com, com taxa de participação de três quilos de alimentos não perecíveis, entregues durante a retirada dos kits disponibilizados para os corredores (que aconteceu na Arena Flamengo, em Maricá). Os alimentos arrecadados foram doados para instituições de caridade do município.

Ao todo existiam duas modalidades, corrida e caminhada, de nove e três quilômetros, respectivamente. O percurso foi feito com largada na Praça dos Gaviões, e trajeto principal pela Rua 36, até a Rua 73, com retorno ao ponto inicial. Não houve restrições de idade, o que permitiu que famílias e pessoas de idade avançada participassem das provas, desde que assinassem um termo de responsabilidade que atestasse seu estado de saúde.


A premiação ocorreu com a chegada de todos competidores e parabenizou os participantes em categorias de 10 em 10 anos, além do resultado geral de primeiros colocados masculino e feminino. Todos competidores receberam medalhas e os vencedores ganharam troféus.

O campeão da modalidade de 70 à 79 anos foi Dempsey Lima Filho (na foto à esquerda), acompanhado de seu banjo, que afirma levar em todas competições de atletismo que participa. O atleta já participou de mais de 600 competições e de 48 maratonas, durante os 50 anos que se dedica ao esporte. 


Já na categoria geral masculina, o vencedor foi Antônio Ribeiro (na foto à direita), que pretende participar do Circuito Caixa e terminou os nove quilômetros da prova da UFF em cerca de 30 minutos.

— Eu me preparei bastante, não só pra essa prova como pra várias outras provas no Brasil inteiro. Ano que vem quero participar do Circuito Caixa e levar o nome de Maricá. Então só de estar aqui prestigiando um evento desse, dentro de casa, demonstra o quanto a cidade está crescendo no esporte e o quanto isso é bom pra gente atleta. Porque quanto mais eventos tiver na cidade, melhor é pro atleta —, afirmou Antônio.

A próxima etapa do circuito regional de Corrida e Caminha UFF acontecerá na Vila Olímpica Queimados, no dia 24 de junho.

                                                                                                                                   Por: Amanda de Oliveira

                                                                                                                                   Fotos: Gerson Nunes

Maricá recebe sua feira de negócios anual   

  A Expo Maricá 2018 reuniu em três dias (24,25 e 26 de maio) diversas empresas com seus projetos, serviços e empreendimentos voltados para o município. Entre os expositores era possível encontrarmos desde cursos de inglês até grandes projetos que visam mudar o visual de Maricá. Apesar do atraso para o início da feira de negócios, devido à demora na entrega do material para montagem do local, a Expo atingiu um bom público nos seus três dias. 

   Durante o primeiro dia de exposições, o prefeito Fabiano Horta foi convidado para fazer um discurso de inauguração da Expo. Ele ressaltou o trabalho da prefeitura para mover a economia local e apresentou ao público a data de reinauguração do Aeroporto Municipal de Maricá.

   “Esse é o momento da gente se olhar e perceber as coisas que estão acontecendo e irão acontecer e é parte de nós, do nosso esforço comum, fazer isso se amplificar. Amanhã, eu, junto com o José Orlando e junto com o Alan Novais, nós vamos estar reinaugurando o aeroporto municipal de Maricá e eu queria dizer a vocês, com a humildade de quem é só parte desse processo de construção. Amanhã a cidade ganha um elemento diferenciador na região”, discursou o prefeito.

   Para saber mais sobre alguns dos estandes presentes no primeiro dia de exposições, visite os cards ao lado ou entre na aba acima: “Acontece”.

                                                                                                                                           Por: Amanda de Oliveira 

                                                                                                                                           Fotos: Gerson Nunes

Grande Ação Social traz festejo familiar para Itaipuaçu

   Neste último sábado (26), o Recanto recebeu a Grande Ação Social. O evento, que aconteceu na Rua Raimundo Monteiro, lote 17, visava valorizar a cultura, a arte, o esporte e o lazer de forma totalmente gratuita, principalmente para as crianças. 

   Como o prometido, foram servidos cachorros quente, refrigerante, pipoca e sorvete para as crianças presentes, em sua maioria participantes do projeto Marola. Como o prometido, foram servidos cachorros quente, refrigerante, pipoca e sorvete para as crianças presentes, em sua maioria participantes do projeto Marola. Além do lanche, foi organizada, em frente ao trio elétrico que servia de palco, uma roda de capoeira, com o grupo Capoeira Brasil e comandada pelo professor Rubinho, na qual o público era convidado a participar e cantar as músicas típicas da prática.

   No local, ocorriam diversas atividades gratuitas, entre elas: corte de barba e cabelo, orientação jurídica, aula de zumba com a professora Bárbara Urrutia e também um estande para o conhecimento do projeto Sahaja Yoga (que visa a prática de meditação totalmente grátis) e dos produtos Herba Life (que têm o objetivo de melhorar sua saúde e bem estar).

   Perto do fim do evento, o dançarino Patrick Lima apresentou sua coreografia em nome da companhia de dança New Style Dance Company. Em seguida, o cantor mirim Tarek subiu ao trio elétrico e se apresentou com um setlist de músicas nacionais e internacionais, como um clássico do Nirvana, mais uma canção autoral, que foi composta usando como inspiração um quadro de bullying que o jovem sofreu na escola.

   A última apresentação presente na ação social foi feita pelo adestrador Davi Souza, representando o Canil Grand-Royale. Durante os percursos realizados pelos cães, crianças presentes foram convidadas para participar, posicionando obstáculos e dando comandos aos animais.

      O idealizador e organizador do evento, Joel do Recanto, explicou em entrevista as dificuldades de se realizar eventos de cunho social em Itaipuaçu, mas evidenciou que, apesar das dificuldades, ele pretende continuar com a Grande Ação Social nos anos seguintes.

“É muito difícil organizar esse tipo de ação social em Itaipuaçu, mas eu sempre preservo isso. O número de pessoas boas ainda é muito superior ao número de pessoas ruins. Nós achamos muitas pessoas que doaram seu tempo hoje, ao invés de estar em casa, estão aqui colaborando conosco. Foi um evento muito bacana e que vai deixar um legado muito bacana para as crianças aqui de Itaipuaçu. Quero agradecer a WebRádio, de coração, pelas oportunidades de fazermos essa parceria. Foi complicado encontrar patrocinadores e participantes pro evento, mas a gente até respeita, porque o país vive uma crise né, bem conturbada. Muitas vezes as pessoas até querem ajudar, mas não tem condições pra isso. Nós estamos aí pra somar, a gente arregaça a manga. Foi a primeira ação de muitas e nossa intenção é sempre deixar nosso legado. E quem quiser ajudar é só me procurar”, declarou Joel.

                                                                                                                              Por: Amanda de Oliveira

                                                                                                                              Fotos: Gerson Nunes

Amantes da pesca se reúnem em festa tradicional de Maricá

     A 46ª edição da festa da pesca aconteceu neste últtimo fim de semana (5 e 6 de maio). 

   O evento trouxe um concurso de pesca e da  Rainha da Pesca, além de uma maratona de ciclismo e o sorteio de alguns brindes e uma bicicleta.

    

    A principal atração foi o concurso da pesca. Por toda orla era possível ver pescadores, sozinhos ou em equipes, buscando a vitória e também se divertindo.

    Fábio Viana, árbitro da competição, explicou em entrevista que o quesito mais importante para participar é ser um amante da pesca, porque embora pescar seja um lazer, a prova é bem desgastante, pois são dois dias onde os particpantes pescam por quatro horas seguidas.

    

   "As regras são: um caniço por cada pescador ou três por cada trinca inscrita. se você não estiver em três pessoas, pode pescar com três caniços mesmo assim. Os chicotes para pesca são compostos por dois anzóis e as iscas são determinadas pelo regulamento. Existe um regulamento para a prova que define a quantidade de anzóis e o tipo de isca, esse é o regulamento da federação. Existe também a arbitragem oficial e os auxiliares de arbitragem, que como o nome já diz, auxiliam no decorrer da prova. Basicamente é só isso", disse Fábio. 

   Para vencer o concurso, dentro de cada categoria, são avaliados o peso e a quantidade dos peixes. São dois pontos por cada peça e um ponto por cada 100 gramas. A pontuação dos dois dias é somada e então são definidos as posições dos candidatos dentro do ranking.

 Uma das trincas presentes no evento era composta por Jonas Fraga, Marcos Paulo e Alexandre Teixeira (na foto ao lado; da esquerda pra direita), que competiram pelo clube Minhoca Feliz.

  "Gosto muito de pescar né, pesco há vinte anos. Trabalhei aqui e comecei a pescar na região quando minha antiga esposa morava aqui. Aí a gente vem brincando, vem se divertindo, pescaria é tudo pra relaxar um pouquinho. É lazer, cara. Trabalho a semana toda, aí a gente tira um dia pra focar na pescaria.

 
O amor pela pesca estava presente entre todos os competidores 

  No meio dos competidores havia alguns que já participaram até mesmo de competições de pesca maiores, como o caso de Rita Valéria (na foto ao lado) que participou do Sul-Americano de Pesca, no Chile.
  "Decidi participar da festa da pesca porque eu amo pescar. Desde 2000 que eu pesco, no início obrigada pelo meu falecido marido. Desde então eu nunca mais larguei. Tem um ditado, que é verdade, que diz: Você tá estressado? Vai pescar. Porque você não tem noção do quanto isso aqui pode te acalmar. É realmente muito bom", explicou Rita.
   A festa da pesca trouxe também mais atrações para o público além do concurso da pesca. No segundo dia do evento (dia  6) aconteceram sorteios de brindes para as equipes de pesca e de uma bicicleta para o público presente; um desfile, no qual foram escolhidas as Princesas e a Rainha da Pesca; uma apresentação de dança da escola New Style Company e um torneio de vôlei.
   Ao todo foram 13 participantes, que se apresentaram, em uma curta passarela, para o público e os jurados. As modelos foram avaliadas nos quesitos: beleza, simpatia e postura. Elas receberam notas de um a dez, em números inteiros.

  Ao fim do desfile, os jurados elegeram Rayssa Ormond (no centro da foto ao lado) como a Rainha da Pesca, seguida por Andreza Clemente (à direita) e Thays Nayara (à esquerda), como Princesa e Segunda Princesa da pesca, respectivamente.

  As vencedoras das três primeiras colocações do concurso declararam representar o município de Maricá e o festival com orgulho.

   

Conheça um pouco sobre as meninas que ganharam as primeiras colocações


   Thays Nayara afirma já trabalhar como modelo profissional e ter participado de alguns desfiles durante sua carreira anteriormente, mas que foi sua primeira vez na Festa da Pesca, assim como as outras premiadas. 


"Eu sou formada em modelo e já participei de alguns concursos de modelo e de moda, mas minha área mesmo é o carnaval. Eu fui rainha do carnaval de Niterói e de Maricá, mas é a primeira vez que eu participo do concurso da Festa da Pesca", disse Andreza.




   "Eu to muito feliz de ter ganho o primeiro lugar junto com essas pessoas maravilhosas e vocês podem ter certeza que eu vou representar o município. Minha motivação foi as meninas, que são todas lindas e maravilhosas. Eu to muito feliz mesmo de participar. Sou estudante de moda e já participei de outros concursos, como concursos de miss, já tenho uma bagagem maior, mas é a primeira vez no concurso da Festa da Pesca", declarou Rayssa.


                                                                                                                          

  Finalizando o segundo dia da 46ª Festa da Pesca de Maricá, Wagner Mariano, junto com a Cia. Ás de Ouro, promoveram ao vivo uma roda de samba, que animou os presentes até as 18h.

                                                                                                                              Por: Amanda de Oliveira

                                                                                                                              Fotos: Gerson Nunes


Auê em Itaipuaçu agita o feriado de São Jorge

A segunda edição do festival cultural Auê, organizado pela Web Rádio Comunicação, aconteceu dia 21 de abril deste ano e teve como objetivo trazer arte e cultura em todas suas formas para Itaipuaçu, Maricá. Sua programação contou com diversas atrações de dança, música e outras curiosidades, além de uma feira e um altar dedicado a São Jorge.

No palco principal aconteceram diversas apresentações, como: Tarek, Jon Sandes, Jessi, Mc Link e Rotweiller, além de escolas de dança como a Vivar - Casa Cultural e Movimentarte.

Enquanto os shows aconteciam, o evento trazia outras atrações, que consistiam em uma exibição de adestramento de cães, uma aula grátis de zumba com a professora Bárbara Urrutia, desfile  da EPEstilosa e um discurso do representante do projeto Marola. 

Sahaja Yoga traz trabalho voluntário para Auê

  A primeira barraca a ficar pronta para o público  durante o festival Auê, foi do projeto Sahaja Yoga, que oferece meditação grátis por meio de trabalho voluntário, representada pelo instrutor de yoga, Cláudio Figueiredo. 
 O instrutor explicou sobre o objetivo do projeto e sobre os principais pontos usados na prática. Além disso, ele apresentou os benefícios da meditação, garantindo serem necessários apenas  dez minutos, de manhã e a noite, para atingir o resultado esperado.
 Ao explicar sobre os benefícios, Cláudio disse que existem pesquisas que afirmam resultados visíveis, da meditação, em problemas como ansiedade, depressão e estresse.   


  A Vivar - Casa Cultural também marcou presença na segunda edição do festival e a Ana Clara Madeira, dona da escola de dança, assumiu que se apresentar no Auê é importante, não apenas para a divulgação do seu trabalho como professora, mas para promover a identidade cultural da região.       Alguns participantes do publico deram depoimentos concordando com a importância de mostra a arte local.

 “Festivais como o Auê ajudam aos próprios moradores a conhecerem a cena cultural de Itaipuaçu”, declarou Cristiane Souza, presente no evento.

 “O Auê ajuda a movimentar a comunidade local e mostra que aqui existe arte e cultura”, completou José Francisco, também parte do público do festival.

 A professora Bárbara Urrutia divulgou sua aula de zumba gratuitamente durante o evento. Para animar mais os participantes da aula, foi oferecido um prêmio para quem se mostrasse mais dedicado.

 O projeto Marola compareceu com alguns dos jovens participantes e não deixaram de alertar a população sobre os riscos de afogamento nas praias locais.

  Durante um discurso do instrutor Santiago, foram ressaltados os objetivos do projeto, que visam a prevenção contra afogamentos, o respeito pela praia e seus guarda-vidas. O lado social do Marola não ficou de fora, já que seu instrutor explicou que participar da iniciativa tira os jovens do ócio e promove a integração social entre eles.

Canil Grand-Royale se apresenta com adestramento de cães

  Davi Souza representou o programa de adestramento para cães. Ele explicou que a maioria das procuras por seu serviço é por questões de desobediência e que qualquer cachorro pode ser adestrado, mas que a idade preferencial é entre 6 meses e 2 anos.

  No intervalo das atrações do palco principal, Davi conduziu um espetáculo, onde um de seus cães realizava percursos e reagia a comandos de defesa e ataque.

 Para conhecer e saber mais sobre os artistas que se apresentaram no palco principal do Auê, visite os cards do lado esquerdo da página.
                                                                                                                           Por: Amanda de Oliveira
                                                                                                                           Fotos: Gerson Nunes

Web Rádio
COMUNICAÇÃO

Tenha também o seu site. É grátis!